segunda-feira, 12 de julho de 2010

Optimus Alive 2010


Como festivaleira que sou, é obvio que não podia faltar ao melhor festival do ano!! Mas foi por um triz!!... Mas o destino foi meu amigo!
Entrei no recinto às 19:17, tarde demais para ver Sean Riley & The Slowriders mas ainda deu para vislumbrar Gomez. Música country cujos músicos são britânicos! Estranho!
De seguida, uma curta paragem da Carina, na tenda da Cruz Vermelha, e eu aproveitei para pedir pensos rápidos, pois adivinhava-se uma noite muito longa!! Entretanto, começaram os Dropkick Murphys, com a sua música irlandesa. Gaite de foles e tudo. Mas de irlandeses não têm nada, até porque vieram de Boston! Mais uma vez...estranho! O som, nada mau.
Segue-se a hora da janta e das filas...Sai uma pizza familiar para o pessoal ao som de Big Pink! Fantástico! Ainda deu para ir ver um pouco do concerto e ouvir "Velvet". Tive pena de não poder ouvir e ver mais, mas Gogol Bordello aguardava-nos. Fica para uma próxima.
E lá estavam eles a reinar no palco! Impossível ficar indiferente àquele som e a toda aquela energia que só Gogol Bordello consegue transmitir. Foi non-stop e os meus gémeos que o digam!!
Terminou Gogol Bordello e chegara o momento mais ansiado da noite. Eram 23h quando apareceram em palco e foi o delirio total do público. Pearl Jam, finalemente!
Foi um concerto mágico e memorável, onde público e banda estiveram em sintonia total. Até porque segundo Vedder “Vocês são o público que melhor canta, quiçá, no planeta”. Maravilhoso!!
Inesquecível foi o momento em que o Eddie Vedder pegou numa folha de papel e começou a falar português.


Outro momento alto da noite, foi quando ele começou a cantar uma música que escreveu para o nosso país – “Portugal, Portugal!” -, cuja letra dizia algo como «sou tão bem tratado, ainda venho para cá viver». Foi emocionante! Eddie, é só dizeres, que tenho espaço para ti em casa!!!!
Então quando ele pegou na bandeira portuguesa e cantou "Alive" foi o delírio total. Inesquecível Eddie Vedder!

ALINHAMENTO DE PEARL JAM NO OPTIMUS ALIVE!10:
1. Release
2. Elderly Woman Behind The Counter In A Small Town
3. Animal
4. Given To Fly
5. In Hiding
6. Unthought Known
7. Nothingman
8. Daughter
9. Even Flow
10. Just Breathe
11. Wishlist
12. Black
13. Glorified G
14. Why Go
15. The End
16. Portugal
17. Public Image
18. The Fixer
19. Wasted Reprise
20. Better Man
21. Smile
22. Once
23. Alive
24. Yellow Ledbetter

Foram 2 horas de concerto, cheias de emoções fortes. Thank you Pearl Jam. Thank you Eddie Vedder.
Depois dos Pearl Jam, já mais nada nos podia surpreender, mas os LCD Soundsystem vieram para dominar a cena, mas na minha opinião ficaram aquém das expectativas. Foi interessante mas soube a pouco!
Seguiram-se os Homens da Luta, no palco Clubbing, com a sua música reaccionária, que aparentemente resulta. Pois, o povo gosta!
A noite do Optimus Alive terminou comigo, a Elsa, o Nuno, o Miguel e os Galegos, a ouvir a música electrónica dos Boys Noize. Acabou a noite no recinto, mas nós continuamos pela noite dentro até de madrugada. Adorei a companhia pessoal. Foi uma noite e pêras! Até a proxima!