sexta-feira, 26 de março de 2010

Escapadinha à Madeira

Já nós tinhamos comprado o voo quando aquela inacreditável tragédia abateu sobre a Ilha. Mas apesar de tudo as nossas expectativas continuavam a ser muitas e mantivemos a viagem. E ainda bem porque valeu mesma a pena a visita à ilha.
Revelou-se uma ilha encantadora, cheia de paisagens naturais e preenchidas de beleza. É inacreditável ver onde determindas casas estão construídas nos montes e serras e quão isoladas estão! Mas tudo isto é o que torna a ilha bonita e excepcional.
Apesar de toda a beleza foi também ainda possível ver o rasto da tragédia, principalmente na Ribeira Brava e na Serra D'Água. No Funchal, nem tanto, pelo menos, na Avenida do Mar, a mais emblemática a nível turístico, quase não se nota o que ali aconteceu há 1 mês atás. Tudo operacional, tudo limpo, apenas alguns trabalhos finais ainda a decorrer. Quem não souber o que aconteceu nem desconfia.
Como pontos muito positivos da viagem ficam as bonitas paisagens naturais da ilha

e as provas gastronómicas. Tributo às espetadas madeirenses, à poncha e à Nikita. Divinal! E ainda, não podemos esquecer as pessoas, que foram extremamente simpáticas e acolhedoras.
Obrigada Madeira e até outro dia.

quarta-feira, 17 de março de 2010

Passeio Cultural por Coimbra

Finalmente o sol brinda-nos com os seus raios calorosos e os dias tronam-se mais agradáveis e aprazíveis. A vontade de estar em casa começa a ser nula e só nos apetece evadir-nos de casa. Pois assim foi no domingo. O sol estava radiante, um dia magnifico e então decidi fazer um passeio cultural por Coimbra. E ao contrário do que muitas pessoas pensam, esta cidade tem muita cultura para nos oferecer, no entanto, nem sempre estamos dispertos para ela. Estava indecisa entre o Museu Machado Castro e o Convento de Santa Clara-a-Velha. Fiz uma breve pesquisa na net e descobri que o Machado Castro está encerrado até o dia 29 de março para novas obras! O que tem sido um hábito ultimamente! Então, ficou definido que seria o convento.
Convento ou melhor o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, que reabriu as suas portas ao púbico em Abril do ano passado, depois de ter estado vários anos submerso em água devido às cheias do rio mondego que levou à sua ruína e abandono.

Depois de muitos anos de requalificação e recuperação, finalmente surge o mosteiro recuperado com um centro interpretativo que acolhe "a história do sítio", enquadrado num edificio muito agradável, com funções museológicas, dotado de um auditório, salas de exposições, uma loja e uma cafetaria.
A visita tornou-se bem interessante, onde aprendi algumas coisas, no que diz respeito à história e modo de vida, que as freiras clarissas levavam no mosteiro. Foi, bem dizendo, uma tarde muito bem passada.
É de louvar todo o empenho que foi feito na revalorização deste monumento histórico português, pois torna a nossa história cultural mais rica.

domingo, 14 de março de 2010

The Legendary Tigerman


Ontem tive o privilégio de ver o concerto do Legendary Tigerman, que para mim, sem sombra de dúvida, é um génio da música. São muito poucos os músicos que conseguem coordenar todos aqueles instrumentos num som fantástico e inebriante.
O one-man band passou-se em Coimbra no TAGV, onde o público vibrou ao som das músicas. E quando escrevo vibrar ao som das músicas, foi mesmo VIBRAR, pois a certa altura o público já não aguentava estar mais sentado e levantou-se, aos poucos e poucos, até que todo o tagv, ou quase todo, estava de pé, em frente ao palco, a dançar ao ritmo do rock&roll. Incrível! Digamos que toda a interacção que o Tigerman exerceu connosco também nos empolgou e nos levou a tal.
Estava expectante em saber, como iria ele, realizar o concerto, sem as vozes femininas do "Femina" e digamos que não saí defraudada, pois ele conseguiu com muita originalidade dar a volta à questão e provar mais uma vez a sua genialidade.
Por isso, só tenho a dizer, se poderem, não percam este fabuloso concerto, pois vale a pena.