terça-feira, 26 de agosto de 2008

Into The Wild


Se acham que a vida é muito mais para além de dinheiro, conforto, estabilidade económica e profissional, vejam este filme, que ensina-nos e faz-nos acreditar que podemos fazer e ser mais...

"So many people live within unhappy circumstances and yet will not take the initiative to change their situation because they are conditioned to a life of security, conformity, and conservatism, all of which may appear to give one peace of mind, but in reality nothing is more dangerous to the adventurous spirit within a man than a secure future. The very basic core of a man's living spirit is his passion for adventure. The joy of life comes from our encounters with new experiences, and hence there is no greater joy than to have an endlessly changing horizon, for each day to have a new and different sun." Chris McCandless

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

O Regresso

O Regresso de férias para o trabalho tem sempre um sabor amargo. É sempre difícil reiniciar o trabalho, primeiro porque a vontade não é muita e porque regressámos novamente à vida da dor e do sofrimento. Parece que na 1ª semana andámos completamente atónitos! E assim foi o meu regresso.
Contudo, desta vez, o meu regresso de férias para além disto tudo, foi um pouco mais marcante que as outras vezes, pois recebi a triste notícia que tinha perdido uma amiguinha especial.
Na nossa profissão, conhecemos todo o tipo de pessoas que nos ensinam diversas coisas. Conhecemos pessoas que nos ensinam que a vida não é aquilo que achamos que é e que nos ajudam a olhar para ela de forma diferente. Dão-nos lições de vida, pela forma corajosa como enfrentam a dor e o sofrimento e pela forma como lutam pela vida. E com elas, acabámos por construir amizades. E neste meu regresso de férias, fiquei a saber que uma dessas pessoas partiu. Fiquei triste por ela e por saber que ficámos todos mais pobres sem a sua presença, porque tratava-se de uma pessoa muito especial e única que me ensinou muitas coisas e tenho pena de não poder lhe ter dito isto mesmo.
Amiguinha, quero que saibas, onde quer que estejas, tu és e serás sempre uma pessoa muito querida e especial e que jamais te esqueçerei. Até um dia...

terça-feira, 19 de agosto de 2008

Ao volante pelo País Basco


Nestas férias, ao longo de 5 dias eu, a minha irmã e a Mafalda, agarrámos na trouxa e no carro e partimos à aventura pelo Páis Basco. Sim, a viagem foi longa e cansativa, com várias paragens, mas sem sombra de dúvida que valeu a pena. Foram 5 dias cansativos e fatigantes mas cheios de surpresas agradáveis e inesquecíveis.

Dia 1 - Chegámos a Pamplona e atracámos no nosso belo alojamento. Nada mau. Um aparatemtno só para nós com acomodações excelentes e mais importante...barato.

Dia 2 - Visitámos a cidade, que revelou-se ser bastante agradável e interessante, mas confesso que nas festas de San Firmin é que valerá a pena!! Percorremos as ruas e imaginamos a emoção e adrenalina que deverá ser com os touros à solta!!
Visitámos ainda uma aldeia fantástica não muito longe de Pamplona e que valeu pelo seu castelo medieval e que se chama Olite. No caminho de volta, tropeçámos sem querer em Tafalla, que se encontrava em festa, e que coincidentemente com Pamplona, tratava-se, segundo os populares, de um "mini San Firmin". Então, a paragem tornou-se obrigatória e infiltramo-nos na festa, como era de esperar!
Dia 3 - Visita a Bilbao e ao Museu Guggenheim. A visita a este museu, revelou-se ser uma surpresa, pois trata-se de um museu diferente de todos que já visitei. Acho que a palavra certa para este museu é...Enigmático! E claro, a sua beleza exterior é indescrítivel.
Da parte da tarde, viajámos pela costa do País Basco e tenho a dizer que foi ...fabuloso.
Dia 4 - Atrevemo-nos e fomos até à França. Visitámos as praias locais, como Biarritz e St Jean de Luz. Muito sol e calor, mas como tinhamos um longo caminho pela frente, não deu para mergulhar naquelas belas águas do cantábrico, com muita pena minha. Mas valeu pelas vistas.
Já em Espanha, no caminho para San Sebastian, parámos em duas localidades bem recônditas mas fantásticas com uma beleza inigualável - Hondarribia e Pasaia-Donibane. As imagens falam por si.




(Hondarribia)

(Pasaia-Donibane)
Finalmente, chegámos a San Sebastian, esse grande cidade. E chegámos no dia certo, pois nem de propósito, a cidade encontrava-se em festa. Que rica coincidência! Mais uma vez, pousámos a tralha na pousada e fomos explorar a cidade. Espectacular!! E claro, mais uma vez, juntámo-nos à festa!

Dia 5 - Regresso a Portugal, portanto, uma longa viagem! No entanto, pelo caminho, ainda fizémos uma perninha a Salamanca. Mais uma grande cidade. Deixámos para trás Espanha e entrámos no nosso Portugalito, que tanto gostámos, mas que todas sabemos que pode ainda ser ainda muito mais!!
Bela viagem esta pelo País Vasco. Não acham?

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Festival Paredes de Coura 2008


Mais um festival de arromba! Foram 5 dias muito bem passados a ouvir música rock'n'roll do melhor que há, com um ambiente extraordinário e com...bom tempo, apesar de ter estado um pouco chuvoso no inicio do festival, mas rapidamente o sol veio tomar rédeas da situação. Foram 5 dias a dormir pouco, a comer mal e a ignorar algumas funções fisiológicas primordiais, mas nada que não se podesse suportar. Enfim, ser festivaleiro não é fácil mas vale bem a pena, principalmente em Paredes de Coura.
Tudo neste festival valeu a pena, e os concertos que mais marcaram e que ficarão na memoria, foram os concertos dos Sex Pistols, Editors, The Mars Volta, Wraygunn e Thievery Corporation. Espectáculos que valeram por todas as noites mal dormidas, por todo o cansaço, por toda a comida gostosa não ingerida e por...mais não digo.