quarta-feira, 25 de junho de 2008

Sr. Coelho na TVI


Grande figurão Sr. Coelho! Mais uma vez, o ícone do Bar da AAC, esteve em grande! Foi à TVI elucidar aqueles grandes letrados acerca da sua inédita campanha "Coelho ao Tacho" e da sua afamada candidatura a Belém em 1990, embora fracassada! Foi uma pena, pois talvez o país precisasse de pessoas mais genuínas e humildes como este senhor! Talvez haja por aí outro Sr. Coelho, que possa ensinar algumas coisas aos nossos políticos!

sexta-feira, 20 de junho de 2008

Adeus Euro 2008!

Pronto, acabou-se! Lá se foi a nossa alegria e entusiasmo das últimas semanas. O nosso orgulho!...Paciência! Podiamos ter tido um pouco mais de sorte e de pontaria, pois "o que conta são os golos e não a exibição". Agora há que guardar religiosamente as bandeiras e os cachecóis para uma próxima vez. Quando será? Sem Scolari, vamos ver o que vai acontecer à nossa querida selecção.
Mas não desanimem porque...Rapazes, vocês são os maiores e que ninguém diga o contrário! Viva a selecção!

sexta-feira, 13 de junho de 2008

Só neste país

Unamo-nos
Nós somos os famosos anónimos
Mesmo assim já comprimos os mínimos
Somos todos únicos
Que mais vão querer de nós
P'ra provar quem vai à frente
Ou fica atrás
Se é por
Ir estabelecer um novo record
Cumprimos o guinnes ao preço que for
E fica o assunto num lugar
E sem espumantes, às vezes dá p'ro banquete
Ou apenas sandes
Sempre
Complicamos a coisa mais simples
E simplificamos a complicada
Sai em rajada o tiro pela colatra
Às vezes mata, às vezes ressureição
Foi de raspão
Só neste país
É que se diz:
Só neste país
Só neste país
Só neste país
Só neste país
Só neste país
São muitos séculos em mor-premonição
A transitar entre o granizo e a combustão
E um qualquer hino para qualquer situação
Pessimista, optmista...
(e vai abaixo e vai acima
pessimista, optimista...)
...e agora a rima
Portugal é nosso p'ro bem e p'ro mal
E o mal que está bem
E o bem que está mal
E o bem que está bem
Juro
P'lo fado
P'lo baile e p'lo Kuduro
Que este país ainda tem futuro
É verde e maduro
Como a fruta, às vezes brote
Às vezes consternação
Secou no chão
Por isso unamo-nos
Nós somos o famosos anónimos
Mesmo assim já cumprimos os mínimos
Somos todos únicos
Que mais vão querer de nós
P'ra provar quem vai à frente
Ou fica atrás...
Só neste país
É que se diz:
Só neste país
(...)
Portugal é nosso p'ro bem e p'ro mal

Letra de música Sérgio Godinho (Só neste país)

quarta-feira, 4 de junho de 2008

Na recta final

Estou quase, quase, quase na recta final do meu curso! Ufa....Hoje foi o último dia, em sala de aula, pois agora só falta entregar o último portfolio, deste nucleo temático e apresentar o trabalho de investigação. Apesar do encerramento do curso ser dia 18 de junho, já começamos a despedirmo-nos uns dos outros, desejando felicidade e tudo mais...
Durante estes 15 longos meses, aturamo-nos todos uns aos outros, convivemos, desabafámos as nossas tristezas, angústias, dificuldades, vitórias, os nossos esforços e sacrifícios para conseguirmos atingir a tão desejada meta - acabar o curso. Apesar de aliviados e contentes com este terminus pressenti alguma nostalgia dos momentos vividos ao longo deste ano e três meses. E quero então desejar a todos muitas felicidades para a vida pessoal e profissional e que nos encontremos pela vida fora.
Até um dia!!...

domingo, 1 de junho de 2008

Manobras desviantes


Desde dia 30 de Junho que Portugal nem parece o mesmo país dos últimos tempos. Os portugueses perderam completamente a noção do real. Anda toda a gente numa explosão de alegria e de folia que parece que de repente este país ficou sem problemas!! Ficaram tão embebidos no espirito da cidade do rock e do euro 2008, que esqueceram-se da crise financeira, do desemprego e ahh...o aumento dos combustíveis!! Isso não interessa nada, agora!...eles até podem continuar a aumentar, duvido que alguém dê por isso ou se importe. Espero que isso não aconteça e apelo a todos que não deixem de lutar, nem baixem os braços pois temos que nos unir para ajudar este país a reerguer-se.
Claro que nos devemos divertir, afinal é o que a vida tem de bom, mas não nos podemos esqueçer do que é realmente importante. O pessoal da assembleia durante estes proximos tempos vão andar a esfregar as mãos de contentes, andando tranquilos por estarmos todos distraídinhos com estes acontecimentos!!
Correndo o risco de parecer uma revolucionária moralista confesso que estou realmente preocupada com o estado do nosso país e em como nos deixamos levar por estas manobras desviantes simplistas!