domingo, 30 de janeiro de 2011

A Mudança


Chegou finalmente o dia da mudança e cá estou eu, já a trabalhar no novo Hospital Pediátrico de Coimbra. A 1ª noite do hospital e calhou-me a mim. Confesso, que a ansiedade, de ver o hospital a funcionar, já era alguma apesar de toda a nostalgia que já estava a sentir pelo velho hospital. Mas o caminho é em frente e mais nada... por isso toca andar para a frente.
Para já é tudo muito diferente. Sentimo-nos umas estranhas num sitio que não conhecemos e que não é nosso (para já!). Mas as pessoas são as mesmas e quando nos cruzamos, uns com os outros, confidenciamos as nossas preocupações e a nossa opinião acerca de tudo.
É tudo muito grande e espaçoso! O cheiro a novo está por todo lado. Estávamos habituados a um espaço pequeno e apertado. O cheiro já nem se fala!! Sim é verdade, já merecíamos TODOS este novo edificio. E finalmente chegou o dia tão desejado.
Agora, desejo boa sorte e bom trabalho a todos. E espero que consigámos manter o bom nome da instituição e que continuemos a fazer o bom trabalho que temos feito até aqui.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Contagem decrescente para a mudança


Hoje é a minha última noite no velho HP e já sinto uma nostalgia e saudade deste velho e histórico edificio. Já lá vão 9 anos a trabalhar neste local, com muitas experiências e histórias para contar. Vivi momentos de aprendizagem, de alegria, de convívio, e outros de grande mágoa e tristeza.
A mudança será daqui a 3 dias e o meu 1º primeiro turno no novo hospital será novamente noite. Como será? Afinal vai ser tudo diferente: novo edificio, novos equipamentos, novo espaço, etc... tudo diferente. Eu até sou apologista da mudança e de tudo o que é novidade, no entanto, estou um pouco renitente a esta mudança. Não sei porquê...

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Noite de Teatro



Na Oficina Municipal do Teatro está a decorrer a peça Noite de Reis de William Shakespeare, até dia 29 de Janeiro e aconselho vivamente todos a irem ver. Pois eu fui e gostei muito.
Trata-se de um espectáculo delirante e muito divertido, quer pelo texto quer pelo espírito dos actores. Ao longo da peça persiste uma ironia e um sarcasmo inteligente, com uma crítica à nossa sociedade cultural, que faz com que obras como “Noite de reis” tenham que usar nove actores para várias personagens em simultâneo, pois os actores experimentam todos os papéis, todas as personagens, tudo ao mesmo tempo. A certa altura na peça há uma confusão de papéis, de actores e de personagens. Hilariante!
É musicalmente também interessante, com músicas e cantorias bem animadas.
Digamos que toda a peça é muito animada, que vale a pena ver!

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Amizade



"Pode ser que um dia nos afastemos...
Mas, se formos amigos de verdade,
A amizade nos reaproximará".

Albert Einstein

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Ano de 2011



Já lá vão 12 dias do novo ano e tenho a dizer que têm sido 12 dias bastante intensos, cheios de emoções fortes: alegria, tristeza, diversão, tédio, ilusão, desilusão, ânimo, desânimo... Tudo a que tenho direito na vida, mas até agora, vivido em apenas 12 dias. Tem estado tudo bem doseado e equilibrado e espero que se mantenha assim. Cheira-me que vai ser um ano bastante enriquecido em emoções.
Chegou o novo ano e com ele os nossos novos planos para a vida. É curioso como dependemos desta passagem, para resolver e esquecer os problemas anteriores e para arranjármos novos projectos de vida. Ainda bem que isto acontece e que podemos renovar os nossos projectos de 12 em 12 meses. Mas não é tão fácil como parece, né? Afinal de contas, tudo continua igual. Pois é...mas pode ser um incentivo para a mudança e ainda bem que é.
Para este novo ano, não tenho grandes planos. Os habituais...as férias e as viagens. Os concertos e os festivais. Os momentos de lazer com os amigos, que espero que sejam muitos...
No trabalho, parece que é este ano que mudámos de hospital e que vamos para o novo Hospital Pediátrico de Coimbra. Finalmente...Mas eu só acredito vendo. As tropas parecem estar a mobilizar-se. Ao que parece é já no final deste mês. Vamos ver...
Mudar de serviço, que era algo que desejava muito, não é para já. Até lá, vou aguardando.
Quanto à saúde, espero que ela se mantenha firme que nem um aço. Para isso, vou-me manter no ginásio, a cuidar do corpo e da mente.
Quanto ao amor, esse não quer nada comigo. Vou aguardando pacientemente...
Conclusão, espero que seja um ano cheio de aventuras e loucuras saudáveis.