terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Carnaval



Por mais que eu tente, não consigo nem apreciar nem me embiur do espirito carnavalesco. Para mim este feriado não tem a minima graça. Todos aqueles fatos e mascarados?! Eu fui sempre a ovelha negra que não me mascarava nas festas de carnaval e está claro sentia-me sempre mal. E quando cedia e acabava por me mascarar ainda me sentia pior!
Então ver alguns dos desfiles portugueses, na minha opinião, até mete dó! Porque raio havemos de imitar o Carnaval do Brasil?? Porque não desenterrámos e enaltecemos as nossas velhas tradições em vez de copiar as dos outros? Mais uma vez, lá está o português no seu melhor!
Ora bem, o que é mesmo o Carnaval? Não se sabe muito bem a sua origem, no entanto, sabe-se que vem das mais antigas celebrações da humanidade, tais como as Festas Egípcias que homenageavam a deusa Isis e ao Touro Apis. Os gregos também festejavam com grandiosidade nas Festas Lupercais e Saturnais a celebração da volta da primavera, que simbolizava o Renascer da Natureza.
O termo Carnaval é de origem incerta, embora seja encontrado já no latim medieval, como carnem levare ou carnelevarium, palavra dos séculos XI e XII, que significava a véspera da quarta-feira de cinzas, isto é, a hora em que começava a abstinência da carne durante os quarenta dias nos quais, no passado, os católicos eram proibidos pela igreja de comer carne.
Com o evoluir dos tempos transformou-se num conjunto de festividades populares que ocorrem em diversos países e regiões católicas nos dias que antecedem o início da Quaresma.
Não posso deixar de admitir que o motivo da festividade seja interessante, no entanto, apenas não simpatizo com a forma do festejo.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Vida quotidiana

Pois é...já lá vai algum tempo desde a minha ultima mensagem. Mas o tempo passa, andámos sempre ocupados na azáfama do dia-a-dia e esqueçemo-nos de parar para reflectir e anotar as coisas que nos vão acontecendo no dia-a-dia.
Ultimamente tenho trabalhado imenso, não é que seja mais que das outras vezes mas o trabalho tem sido mais exaustivo e fatigante, exigindo de nós um grande esforço. Quando falo em nós, refiro-me a toda a minha equipa de trabalho. Estes primeiros meses do ano não têm sido suaves.
Consequentemente, todo o tempo livre de que disponho tem sido para descansar, no entanto, também tenho-me dedicado a um dos meus hobbies preferidos...o cinema.
O cinema é uma paixão, e ultimamente tenho gasto algum do meu tempo nele. Tenho visto alguns filmes em casa mas também tenho ido ao cinema, pois todo aquele ambiente de sala de cinema é singular (mas caro!).
E um dos filmes recentes que recomendo vivamente, sem qualquer hesitação é "Slumdog Millionaire". Eis um filme que nos toca e impressiona por todas as razões. Ah, e a banda sonora é excepcional.
E assim termino este relato da minha vida quotidiana simples, com a recomendação deste belo filme, que retrata a "ansiedade da vida".